Página Inicial
Sobre o SAAE
Tratamento de Água
Tratamento de Esgoto
Tarifas
Educação Ambiental
Concursos
Notícias
Contato
Fale com o Presidente
Portal da Transparência
Holerite Virtual
Webmail
 
 
 
 
 
VEJA TAMBÉM

 
NOTÍCIAS
 
27/01/2014 - SAAE AMBIENTAL AMPLIA AÇÃO DE COMBATE Á PERDA DE ÁGUA


O SAAE Ambiental de Águas de Lindóia iniciou neste mês de janeiro um trabalho de combate rigoroso às perdas de água. O objetivo é, nos próximos anos, conseguir reduzir à metade os índices de perda registrados atualmente que estão próximos de 50% da água tratada colocada no sistema. "Isso equivale a dizer que de cada 100 litros de água que tratamos, 50 litros acabam não chegando à casa dos nossos clientes", alerta o diretor presidente do SAAE, Luciano Fiori.

A primeira ação efetiva para implantar esse trabalho foi a criação de uma Equipe de Controle de Perdas dentro da autarquia. Ela terá a missão de estudar e propor ações efetivas que possibilitem resultados rápidos e, consequentemente, a redução drástica no índice de perdas de água do sistema.

Luciano Fiori lembra que a questão do controle de perdas é um dos principais assuntos entre as empresas de saneamento do país. Essa preocupação é justificada pelos dados apresentados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) que revelam que o índice médio de perdas de água no país mantém-se na alarmante casa acima dos 40%. Ou seja, do total de água captada nos mananciais, menos de 60% chega à casa das pessoas.

"Essa é uma situação que preocupa e precisa ser revertida. Em Águas de Lindóia a situação não é diferente. No ano passado, registramos uma perda média de 50%, o que equivale a 80 milhões de litros de água, ou três piscinas olímpicas/mês que deixaram de chegar às casas. Queremos e estamos empenhados em mudar essa situação", destaca o presidente do SAAE Ambiental.

Não é só vazamento

As perdas de água nos sistemas públicos de abastecimento, do ponto de vista operacional, não ficam restritas apenas aos vazamentos que eventualmente existam na rede de distribuição. Ela leva em consideração também a água que é consumida mas não é medida, a falhas e imprecisões em hidrômetros, ligações clandestinas ou não cadastradas, fraudes em hidrômetros (os chamados "gatos"), entre outras.

Outros fatores que podem influenciar na perda de água são: variações de pressão (alta pressão), topografia acidentada, as condições físicas da infraestrutura da rede (material e idade), o tipo de pavimento existente sobre a rede e as próprias condições do tráfego da via onde a rede foi instalada. "É esse mapeamento que vamos fazer. Vamos identificar e combater os problemas detectados para que alcancemos os resultados esperados rapidamente", diz Luciano Fiori.

Ele explica ainda que a redução das perdas de água do sistema garante também uma maior eficiência na gestão da autarquia. "Se houver uma redução nas perdas da água tratada, teremos uma consequente redução nos custos de produção como energia elétrica, produtos químicos, etc".

Trabalho já começou

Embora a Equipe de Controle de Perdas tenha sido criada neste mês de janeiro, o SAAE Ambiental vem trabalhando desde o ano passado em ações efetivas de combate às perdas de água na cidade. Uma das medidas implantadas em 2013 foi a informatização das chamadas de ocorrências como vazamentos nas redes de água e esgoto, falta de água, etc. A medida possibilitou uma agilização na transmissão da informação e na realização dos reparos, gerando assim menos desperdício e a otimização no uso de materiais. A instalação de macromedidores nos reservatórios foi outra medida adotada pela autarquia.

Outra ação já iniciada foi o de levantamento da real situação em que se encontram as válvulas redutoras de pressão, ventosas e as redes de distribuição de água. E em alguns lugares considerados críticos, o SAAE já está executando trabalhos, como a instalação de uma válvula redutora de pressão na nova rede de água da Rua Mogi Mirim e manutenção da válvula da Rua São Pedro.

Troca de hidrômetros

A troca de hidrômetros antigos, que não possibilitavam mais a medição do real consumo de água, foi outra medida adotada pelo SAAE em 2013. Hoje, o município de Águas de Lindóia tem um parque de 6.700 hidrômetros instalados. Só no ano passado, 1.900 foram trocados, num trabalho que terá sequência em 2014. As normas apontam que, após 5 anos de uso, o hidrômetro pode deixar de aferir de maneira correta o consumo de água. Isso quer dizer que um hidrômetro antigo pode mascarar vazamentos grande e o real consumo de determinado local.

De acordo com o presidente do SAAE Ambiental, após a troca de 1.900 hidrômetros realizada no ano passado, a autarquia conseguiu identificar uma mudança sensível no consumo, já que muitos vazamentos puderam ser identificados depois da substituição do equipamento. Por mês, 700 mil litros de água deixaram de ser aferidos nas medições, ou seja, toda essa quantidade de água estava sendo perdida ou em vazamentos ou em equipamentos desregulados.

O SAAE Ambiental reconhece que em alguns casos, a troca do hidrômetro acabou gerando transtornos aos moradores, uma vez que o novo equipamento apontou um aumento no consumo em relação às contas anteriores. A autarquia destaca, entretanto, que na maioria dos casos o equipamento permitiu a identificação de vazamentos que eram desconhecidos ou então corrigiu uma distorção gerada pelos hidrômetros antigos que não mediam o real consumo dos consumidores. Luciano Fiori esclarece também que o SAAE Ambiental possui uma bancada de aferição, onde os hidrômetros são testados, seguindo as normas do INMETRO, antes de serem instalados ou substituídos.

"É importante destacar que nosso trabalho está focado na garantia do abastecimento da nossa população e na qualidade dos serviços oferecidos pelo SAAE. É nossa obrigação trabalhar de forma permanente contra as perdas e contra o desperdício da água que é um dos nossos mais importantes recursos naturais", finaliza o diretor presidente do SAAE Ambiental.

 
 
 
SAAE - Saneamento Ambiental de Águas de Lindóia
Alameda Rotary 60, Centro
Tel.: 19 3924-8150 | CEP 13.940-000 | Águas de Lindóia | SP
Desenvolvido e Hospedado by Lindoi@NET